Skip to content

Quem tem medo de palhaço?

março 25, 2010

Uma das coisas que Aline mais temia eram palhaços. Tudo por culpa do filme Poltergeist, que ela assistiu numa reprise do Corujão, quando era muito pequena. Estava sozinha em seu quarto, e ficou com medo de desligar a tv. O trauma foi tão grande, que ela burlou a tradição e não deixou que a primeira festinha de seu filho tivesse o circo como tema. O carnaval, inclusive, era motivo de muitas discussões: ela se mijava todinha ao ver um bate-bola pela rua. Alguns anos se passaram, e o moleque cresceu, alheio a estes distúrbios.

Certa noite, ela ouviu o pequeno falando sozinho na sala, e seguiu sorrateira pelo corredor, para ver o que estava acontecendo. Flagrou o filho tagarelando enquanto a tv só exibia estática. Estranhando aquela cena, perguntou com quem ele estava conversando e a resposta foi de assustar. “É a Carolaine, mamãe. Ela está me chamando para brincar!” Aline foi tomada pelo impulso, e gritando como uma desesperada, tacou fogo no televisor.

O menino, apavorado, correu para trás da cortina. O fogo lambeu por toda a estante, queimando livros, discos, badulaques e bibelôs. Os vizinhos, ouvindo a gritaria, bem que tentaram ajudar, mas não havia mais nada a ser feito. Quando Aline abriu a cortina para resgatar o pequeno, uma inesperada surpresa. Escondida e assustada, lá estava Carolaine, filha caçula dos vizinhos da frente. Mesmo tento perdido boa parte da sala de estar, a dona de casa respirou aliviada. Melhor ser vista como doida que ter uma casa mal assombrada.

Anúncios
20 Comentários leave one →
  1. março 29, 2010 3:59 am

    ok. sou bem crescidinha, mas não consigo ver filme de terror. tenho medo mesmo.
    algum expert em psicologia será capaz de explicar um dia.

  2. Darly permalink
    março 29, 2010 4:57 pm

    Vem prá luz, Caroline!
    Vem prá luz, Caroline!
    kkkkkkkk…..

  3. março 29, 2010 10:13 pm

    Ai, Rafael, muito obrigado cara, vc me fez rir de chorar num dia que foi uó desde o minuto que eu acordei.

    Odeio palhaço, sem nunca ter visto nem “it” nem “Poltergeist”. Apesar disso, conheço a história dos filmes e por isso ri demais da pobre da Carolaine, hahahaha! Ai, muito bom!

    P.S.: Já que vc é o poeta do suburbanismo, que tal um comentário neste meu último post?
    http://ohumbertoexplica.blogspot.com/2010/03/sabe-medo.html

    Abração!

  4. março 30, 2010 1:26 pm

    Rafael, você se supera a cada dia. Seu comentário no blog está um espetáculo, sucesso total! KKKKKKK!!! Você tem que reproduzir aqui porque seus leitores merecem aquilo, rs!

    Parabéns, cara, brigadão, adorei!

  5. cinebuteco permalink
    março 31, 2010 5:34 pm

    Tô com a Aline. Palhaços são seres estranhos mesmo…

  6. Lúcio permalink
    abril 2, 2010 1:21 pm

    Adorei a telefonema de natalício. Que nos reencontremos o mais cedo possível. Abração.

  7. abril 2, 2010 2:22 pm

    Nossa, muito legal.. ótimo senso de humor.
    Já virei fãn. Abraço

  8. abril 4, 2010 4:58 pm

    Eu tive dó. Aline tá certa, palhaços são odiosos.

  9. abril 5, 2010 3:46 pm

    Tchê, muito bom. Legal o teu espaço, legal as narrativas, enfim, tudo de primeira. Volto mais vezes. Já te adicionei aos favoritos.
    Abração.

  10. abril 5, 2010 10:17 pm

    Me cagava todo de medo quando era moleque e via esse filme.

    Bom conto.

    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: