Skip to content

Acabou a bagunça

julho 2, 2010

Por alguns minutos, Ariadne hesitou comentar sobre o ocorrido.  Ficou sentada no sofá, enquanto os outros deixavam a sala. Um clima pesado tomou conta da casa, e ela enrolando as pontas dos cabelos com os dedos. Nitidamente nervosa, desligou o televisor e atirou o controle remoto na poltrona ao lado. Levou algum tempo, mas acabou se levantando. Pegou uma caixa na despensa, e subiu para o quarto, melancólica.

Despiu-se lentamente, já chorando. Dobrou a camisa, depois o shorts e a bandana. Juntou as revistas, jornais e cds. Pegou também a bandeira que estava pregada à porta e colocou tudo dentro da caixa. Já com um nó rasgando a garganta, vedou-a com fita crepe e depois passou duas camadas reforçadas de plástico. Prendeu tudo com algumas voltas de fio de nylon e então seguiu para o quintal.

Com uma pá, Ariadne abriu um buraco grande o bastante para que coubesse a caixa. Ajoelhou-se diante da terra e, lá no fundo, depositou a caixa. Reservou algum tempo para controlar as emoções e se recompor. Já estava para tapar o buraco com a terra quando se lembrou de um pequeno detalhe. Correu até a sala e voltou com a maldita vuvuzela na mão. Atirou-a lá embaixo e acabou de enterrar tudo aquilo. Em quatro anos ela pode tirar tudo de lá, mas por hoje, vai fazer uma macumba de amarração para o Felipe Melo*.

*Sem comentários

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. julho 5, 2010 11:40 am

    Macumba merecida.

    Ariadne não era a rainha da quentinha? Lembra disso?

    Eu já tive o número do celular dessa fulana… longa história.

    Bj!

    • julho 5, 2010 3:47 pm

      Pois é… não me conformava com esse nome.
      Daí resolvi usar aqui no blog… rs rs rs

      E cuidado com esse lance das quentinhas, hein?
      Qualquer contato da Ariadne tá visado nas milícias… 😀

  2. julho 5, 2010 3:43 pm

    Muito bom! Muito bom! Acho que no dia seguinte ela já tinha esquecido tudo isso com a desclassificação da Argentina, né?

  3. julho 13, 2010 9:22 pm

    Hehehe, ai, adoro. Gostei dos trajes da Ariadne.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: