Skip to content

Tatuagem

junho 8, 2011

“Olá, Riwston. Tudo bem?

 Já que não nos falamos faz oito semanas, achei que seria inapropriado telefonar. Relutei muito em te escrever este e-mail, pois estava muito insegura quanto à sua reação. Mas  como sequei uma garrafa quase inteira de vinho e o corretor ortográfico do Word está no automático, aproveito a coragem de minha embriagues para te solicitar, encarecidamente, que entre em contato.

 Não estou te pedindo para reatar, longe disso! Nem quero discutir a relação, ou exigir de volta alguma coisa ( apesar de eu ter deixado meus dvds do Roque Santeiro contigo ). Só quero que você me ajude, Riwston, a pagar pela remoção daquela maldita tatuagem que fiz na minha coxa. Eu sei que você, em momento algum, pediu para que eu eternizasse sua cara entre minhas pernas, mas é que… bom, você sabe…

 Estava chegando o dia dos namorados, aquela sua foto era mesmo linda… E entre te dar um presente muquirana ou algo pra toda a vida, acabei ouvindo a Marinalva, que me deu tanta força, dizendo conhecer um tatuador fodão lá do Méier… acabei agindo por impulso. Gastei toda a minha rescisão com aquela tatuagem. Pois é, eu sei… me fudi!

 Eu nunca imaginei que o resultado fosse ficar tão pavoroso, a ponto de culminar com a nossa separação. Nos primeiros dias, eu te juro, fiquei escorregando nua pelo parapeito da escada, para ver se esfregando as coxas na cerâmica, aquela maldição sumiria. Mas não sumiu, e ainda fiquei assada, a ponto de não poder vestir calças jeans por duas semanas. Foi humilhante ter de explicar isso para o meu chefe, Riwston…

 Bom, vou aguardar uma resposta sua.

Se quiser fazer algo no domingo, sei lá… me liga!

 Beijos

Glendy”

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. junho 8, 2011 6:26 pm

    ahaha. mai nao pagava nunca, só pra ela deixar de ser burra! ahahaha

    otimo Rafa! ótimo!
    =)

  2. junho 8, 2011 6:59 pm

    “fiquei escorregando nua pelo parapeito da escada, para ver se esfregando as coxas na cerâmica, aquela maldição sumiria. Mas não sumiu, e ainda fiquei assada, a ponto de não poder vestir calças jeans por duas semanas.”

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!! Ai Rafael Paschoal, eu espero que quando você for rico e famoso vc ainda lembre dos amigos de blog. Pq, rapaz, vc brilha demais. E esses nomes que vc inventa, hahahaha, passo mal.

    Abração, meu querido!

    P.S.: QUE ME-DO dessa tatuagem.

  3. junho 8, 2011 10:38 pm

    (algumas horas depois…): “alô Riwston”, hahahahha, demorou, mas caiu a ficha, eu não tava conseguindo pronunciar esse nome, rs.

  4. julho 3, 2011 9:50 pm

    Se superou nesse conto! hahahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: