Skip to content

Seduções e tentações

março 25, 2008

Ao abrir a porta de casa, já senti seu cheiro, levemente adocicado, espalhando-se por todos os cômodos. Larguei minha mochila num canto e procurei-a, avidamente. Não estava na cozinha, nem na copa, mas encontrei-a repousando, na penumbra da ante-sala. Levantei o fino tecido que a cobria e apreciei sua beleza, por alguns segundos. Mesmo no escuro, suas curvas sinuosas exibiam um brilho dourado, irresistível, convidativo. Toquei-a cuidadosamente, e deslizei meus dedos ávidos por toda sua extensão. Parei por alguns instantes, com a respiração quase ofegante, e me afastei. Admirei-a de longe, mas não me contive. Ela me seduzia de uma forma que jamais pude explicar, por si só. Acabei introduzindo meus dedos em sua fenda úmida e senti calor que emanava de seu interior. Friccionei-os suavemente, sentindo sua textura avermelhada e macia. Permaneci nessa função por mais algum tempo, e então levei-os à boca. Aquele sabor forte e único percorria, agora, todas as terminações nervosas de minha língua, causando reações inconscientes por todo meu corpo. Foi então que os instintos superaram qualquer raciocínio, e devorei-a como um tarado, até desabar, exausto, no empoeirado carpete verde. Adormeci ali mesmo, ao seu lado, só despertando não sei quanto tempo depois, sob o olhar reprovativo de minha esposa. Ela havia feito aquela torta de amoras sob encomenda de Dona Mirtes, que havia pago antecipado e aguardava, impaciente, a entrega no portão. Sem outra alternativa, tirei um galo* da carteira e mandei a velha comprar qualquer coisa no Mundial.

*um galo = cinquenta dinheiros

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: