Skip to content

Enfrentando a crise

janeiro 25, 2010

– Chegou cedo hoje, amor?

– Regina, olha só… perdi o emprego…

– Caralho, Valtair! O que você fez?!?

– Nada, porra… Me mandaram embora, foi isso!

– E agora, como é que a gente faz pra viver?!

– Sei lá, mas acho que você vai ter que trabalhar e…

– Isso, nunca! Não nasci pra servir aos outros!

– Bom, então a gente vai ter que se desfazer de algumas paradas…

– Vai, homem! Desembucha!

– Bom, a gente vai ter que começar a vender as crianças!

– Ótima idéia! Vou armar uma barraquinha na feira.

– É… eu sabia que você não iria gostar da idéia.

– Não, muito pelo contrário, Valtair! Eu adorei!

– Para com isso, Regina. To boladão com tudo isso… to preocupado!

– Pois eu falo sério! Vou pintar um de cada cor! Tipo pintinho, saca?!

– Ah, vai… Senta aqui e me ajuda a pensar, mulher!

– Peraí que eu vou pegar as crianças, daí você me ajuda com a tinta…

– Regina?

– Oi!

– Eu posso, tipo… pelo menos pintar o Ernesto de azul?

Anúncios
One Comment leave one →
  1. fevereiro 4, 2010 1:56 pm

    Medo dessa família!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: