Skip to content

A festa da debutante

maio 11, 2010

O salão se encheu daquela fumaça de gelo seco. As luzes baixaram… e a voz de Celine Dion começou a ecoar. Os arranjos florais conferiam uma atmosfera romântica à festa. Os convidados ficaram de pé, e a debutante surgiu por entre as cortinas de cetim que beiravam o mezanino. Sorridente, Josefa ia descendo a escada-caracol com seu bouquet de margaridas silvestres em mãos. Flashes, fotografias e muita emoção. Nos olhos de seus pais, lágrimas furtivas e um orgulho que não cabia dentro de si.

Daí a sandália engatou num dos degraus e a jovem rolou escada abaixo. Houve um princípio de tumulto, e todos correram em sua direção. Dona Hercília foi pisoteada pelos garçons, mas já não sentia as pernas mesmo. Tentando conter os dentes que caiam da boca com uma das mãos, Josefa se desesperou ao perceber que estava coberta de sangue. Gritaria, desespero e risadinhas incontidas dos colegas mais descolados. A debutante chorava, mas não era pela dor daquele momento. Suas lágrimas, na verdade,  debulhavam pelo que já deveriam estar falando do incidente no twitter. Um tragédia dos tempos modernos.

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. cinebuteco permalink
    maio 11, 2010 4:27 pm

    Mas se Josefa tem twitter, já deveria saber que festas de debutantes não se fazem mais… não tão caretas desse jeito…

    • maio 11, 2010 5:12 pm

      Baile de debutante é um clássico aqui no Rio de Janeiro.
      Apesar de muitos acharem cafona, ainda é comum que as jovens queiram uma festa só pra elas.
      Josefa fez questão de convidar os amigos pelo twitter, inclusive.

  2. cinebuteco permalink
    maio 12, 2010 4:50 pm

    Ahahahahah, tá então… não sabia dessa tradição carioca, hehe… e olha que o convite foi de um modo moderno…rs.

    • maio 14, 2010 9:49 am

      Ahh…. faz tempo que o twitter deixou de ser vanguarda.
      Todo mundo usa essa budega, atualmente.
      Até minha cachorra tem!

  3. maio 13, 2010 2:22 pm

    Pensei a mesma coisa, bailes de debudantes e twitter não coexistem aqui em São Paulo…hehehehehe
    Mas pobre da Josefa, o baile dos sonhos dela virou show de horrores no tweetpic… =P

  4. maio 18, 2010 9:16 am

    Hahaha, ai Rafael, você é besta demais. Não bastasse o conto em si, seus comentários ainda tornam a situação mais hilária. Aqui na roça tinha muuuuita festa de 15 anos assim como a da Josefa, mas nos anos 80 e 90.

    A tradição até continuou, mas as festas deram uma melhorada que eu vou te contar. Se antes eu já achava uma besteira, hoje quando eu penso no dinheiro que se gasta pra uma patuscada dessas eu tenho certeza que essas meninas são umas trouxas (ah, eu com um dinheiro desses, ia viajar um ano).

    P.S.: Nada a ver, mas lembrei de vc ontem: estava no posto de saúde pra tomar a vacina da gripe (na Pampulha, pra dar uma suavizada no sentimento de suburbanismo que vem anexado à expressão “posto de saúde”), e quase morri de rir dos nomes que chamavam toda hora. O melhor foi Elza Joana, KKKKKKKK!!!! Adoro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: