Skip to content

Sem sal

outubro 19, 2010

– Me passa o sal, Fefa?

– Por que? A comida está ruim, Clécio?

– Não, é que eu gosto de muito sal. Só isso.

– Pois então, a janta está sem gosto… né?!

– Ah, que nada! Tá uma delícia!

– Sei…

– To falando sério! Adorei o ensopado.

– Então não precisa mais do sal?

– Preciso, só de um pouco… pode ser?

– Isso só pode ser afronta! Afronta, Clécio! Afronta!!

– Fefa, que porra é essa? Se controla aí…

– Covarde! Passei o dia inteiro cozinhando!

– Mas…

– Chega! Pra mim acabou!

– Fernanda, pelamordedeus! Eu só ia dar uma pitadin…

– Não, Clécio. Não precisa se justificar! Está tudo acabado entre nós!

– Hã… você tá falando sério?

– Sim! Vou-me embora daqui!

– Fernanda… isso não é justo!

– Não?!? Então me diga: o que é justo?

– Dá pra servir a sobremesa antes de sair, pelo menos?

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. outubro 19, 2010 7:53 pm

    Hehehe, eu tenho até medo de comentar este post.

  2. outubro 21, 2010 4:02 am

    É, essa relação tava meio q sem sal né???

  3. outubro 25, 2010 11:24 pm

    TPM?

  4. cinebuteco permalink
    outubro 26, 2010 3:21 pm

    Só pode ser TPM extrema… Mulé chata, hein?

  5. novembro 6, 2010 11:55 am

    Quê que tá pegando, senhor, cadê os contos novos? Tá muito busy por aí?
    Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: