Skip to content

Carlinne e a verdade

maio 9, 2011

Depois de uma noite inteira de zoação, trilhas quilométricas do mais puro padê, fotos bacanudas para o Tumblr, putaria soft lesbo à beira do ouvido, beijos em línguas anônimas e uma bebedeira descontrolada pela Vila da Penha, Carlinne descobriu a mais irônica das verdades: enquanto você paga para colocar cachaça dentro do corpo, o vômito continua sendo gratuito.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: