Skip to content

A vida no paraíso dos artistas

maio 15, 2012

Conto originalmente publicado em 2006, noutro lugar…

O dia está lindo e calmo no paraíso, como sempre foi e sempre será. Lá não há favelas, nem trânsito, nem tempo e nem espaço. Tudo é delicadamente colorido, lembrando de longe os nossos tons pastéis, com um levefog ao fundo e várias almas vestidas de branco. Paulo Gracindo prepara as festividades de boas vindas para um velho amigo de profissão, que há pouco bateu as botas e está prestes a chegar ao céu.

Ariclê Perez, elegantemente sentada numa turmalina gigante, tenta explicar para Dina Sfatt os motivos que a levaram ao suicídio. A amiga, com seu eterno ar de superioridade, retruca pela milésima vez que ainda não era sua hora de deixar os palcos, dando mais uma tragada em seu cigarro mentolado com filtro de algodão egípcio. Muito franca, Dina reprova a atitude impensada que é o suicídio, comparando-a com as prostitutas mancas que viu na Somália enquanto gravava uma cena pitoresca de alguma novela das oito, que nunca foi exibida devido aos altos custos de produção.

Perto dali, Rômulo Arantes avista um homem rolando colina abaixo. Robusto e aventureiro, o rapaz corre ao auxílio daquele que, por muitos anos, foi um de seus maiores ídolos. Raul Cortez chega ao paraíso meio confuso, mas nem de longe parece inconformado com sua atual situação. Os dois sentam-se embaixo de uma pitangueira para falar sobre amenidades, enquanto o recém chegado se acostuma com a atmosfera rarefeita e úmida daquele paraíso imaculado. Descamisado e com suor escorrendo por todos os poros, Rômulo conta ao novo amigo que tem se dado muito bem por aquelas bandas. Em seguida, convida-o a conhecer as redondezas e rever velhos amigos.

Dina apaga seu cigarro na casca de um caramujo fluorescente, e anuncia a chegada de mais um colega ao paraíso dos artistas. Ariclê, que sempre teve sonhos eróticos onde era furiosamente currada por Raul, não se contém ao reencontra-lo perto do riacho azul, onde Yara Amaral boia nua, imóvel, coberta apenas por um xale de seda com estampa em motivos florais. O mais novo desencarnado abraça a atriz com carinho, perguntando se sua viagem ao paraíso havia sido turbulenta.

-Imagina, foi tão boa quanto qualquer novela do Maneco.

-Hmmm… Então receio informa-la que a nova não está lá grandes coisas.

-Ah, pros infernos. Aqui tem Sky, fico vendo Desperate Housewives, então.

Paulo Gracindo chega dando pulinhos de alegria, oferecendo ao amigo um drink feito com o néctar de frutas já extintas no planeta Terra. Ao seu lado, Ivon Cury bate palminhas, pouco ligando se alguém vai falar mal de seus novos trejeitos de sexualidade duvidosa. Ao se deparar com tanta liberdade, ele não fez a pudica e se jogou na libertinagem, participando das concorridíssimas surubas promovidas por Sandra Bréa, às beiras das salinas incomensuráveis.

Depois de cumprimentar todos os amigos daquela pitoresca vila celestial, Raul Cortez demonstra um certo desconforto ao ver Yara tão sozinha ao menear quase imperceptível daquele riacho. Ariclê diz que, segundo Elis Regina, ela sempre se manteve naquele estado catatônico, talvez pelo trauma de morrer afogada no Bateau Mouche em pleno reveillón.

-Se pelo menos tivesse sido no dia da Proclamação da República, a coitada conseguiria superar toda essa dor…

-Pois é, Ariclê. Mas tem gente aqui que fez a passagem de forma mais hedionda.

-Você quer dizer Daniella Perez, né, Raul?

-Essa serve. Por onde anda?

-Sumiu. Depois que se envolveu com Rômulo Arantes, nunca mais foi a mesma.

-Sério? Achei que fosse uma moça centrada, Ariclê.

-Era, até ver seu novo amor imortal comendo a Sandra Bréa de frango-assado.

-Uuuuuuuuugh…

-Pois é, uuuuugh.

-E a Elis, por que não está aqui a desfrutar de tanta beleza?

-Foi lá na Terra incorporar em Maria Rita. Só assim a moça consegue cantar bem.

-Ahhhh… então é por isso que eu reconhecia alguns gestos…

-Então. A coitada tem que descer toda vez que a maldita da Maria Rita marca um show.

-Ela não desiste nunca, né? Sempre acha um jeito de brilhar no palco.

-Isso e a vontade de dar um teço no pó, né, Raul? Ela disse que a filha herdou alguns hábitos nasais, mas eu não sou fofoqueira e não quero falar sobre assuntos familiares.

-Verdade, verdade. Agora me diga, quem você acha que sobe depois de mim?

-Essa é difícil, hein? Eu apostei com a Dona Zica que seria a Dercy, mas parece que a velha não sobe por nada desse mundo.

-Ah, talvez ela tenha lugar reservado no inferno. Brincadeira, viu, Ariclê?

-Raul, querido, o inferno é a Terra. Não te contaram isso?

-Faz sentido. Muito sentido.

-Enfim, Dona Zica acha que o Alexandre Frota sobe em breve. Quer dar um palpite?

-Ai, Ariclê… Sei lá, sabe? Vou chutar em alguém bem improvável… Regina Duarte.

-Ihhh… Essa ainda tem muito karma pra queimar lá embaixo.

-Tem sim. O cabelo dela está terrível, e a interpretação anda exagerada.

-Sempre foi, né? Hahahahahahah.

-Hohohohohohoh. Nós somos tão venenosos, Ariclê. Será que devíamos mesmo estar no céu?

-Ou é aqui ou é numa novela do SBT. Só existem essas opções.

-Não seja ridícula, criatura. Esqueceu-se que a Bandeirantes voltou a investir na dramaturgia?

-É mesmo, que gafe. Hahahahahahahaha. Que delícia conversar com você. Acho que até mijei um pouquinho aqui na calcinha.

Os dois seguem jogando conversa fora, alheios a tudo que se desenrola aqui na terra do enxofre e das secreções vaginais contaminadas, enquanto Yara Amaral continua inerte, Sandra Bréa brinca de pião-da-casa-própria com os Trapalhões, Rômulo Arantes tenta impedir que Dina Sfatt apedreje Roberto Marinho, que a atormenta com a idéia de que eles estão na ilha de Lost e Daniella Perez se veste de cisne para seduzir Lauro Corona, sem muito sucesso.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Soraia permalink
    dezembro 13, 2012 10:08 am

    Esse conto foi simplesmente sensacional!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: