Skip to content

verde pra quê?

abril 25, 2009

Tinha uma lagarta na salada. Verde. Verdinha.Verdinhazinha, de tão pequenina. Maria Lúcia, com seus quatro anos de idade, achou graça, mas não fez alarde. Comeu os tomates cereja, a cenoura ralada, o pepino fatiado, mas ficou com nojinho da alface. É que, para ela, a lagarta fazia parte da folhagem. E por mais que sua mãe tenha insistido, ela não arregou. Deixou tudo no prato, e fez até birra. Não queria que jogassem fora sua lagartinha, e ficou chocada quando o pai, num ato de extrema gula, puxou para si o pratinho, regou as folhas com vinagre e comeu com gosto. Por essas e outras, a pequena tomou ódio de vegans quando mocinha, e sempre pede churrasco mal passado, com bastante sangue no prato quando vai numa churrascaria. Nada de traumas, só uma questão de paladar apurado, mesmo.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: