Skip to content

A volta de Milena

junho 15, 2010

Milena tirou os óculos escuros e os apoiou sobre a mesinha que ficava ao lado da porta. Um forte cheiro de mofo estapeou seu rosto, como se a culpasse pelos vários anos que passou longe daquela casa. Visivelmente desorientada, ela tentou alcançar o interruptor, na vã esperança de acabar com o breu. A esta altura, porém, já imaginava que a energia elétrica ainda não fora religada, desde a última vez em que lá esteve.

Ao subir as escadas, tentou pisar com cuidado para que os degraus não a traíssem. A cada passo, a madeira rangia dolorosamente. No andar superior, apesar de tudo, Milena ainda poderia se recolher até o dia seguinte. A cama fedia a pano sujo, estava úmida – mas ainda era um abrigo. O único que lhe restava. E naquela mala estavam todos os seus pertences, além de algumas mudas de roupas. Não havia mais brincos de ouro, nem broches cravejados de diamantes.

Ela chorou copiosamente, madrugada adentro. E aquele pranto embalou seu sono. Foi até tranqüila sua primeira noite no subúrbio, onde jurou nunca mais voltar. Milena já não se lembrava mais dos passarinhos aninhando-se à beira da janela com o alvorecer. O sol foi invadindo o quarto, e revelando os porta-retratos pendurados nas paredes. A mulher de hoje se viu nua, suburbana, encrespada. Com urgente violência, abriu as janelas do sobrado e berrou: “Eu sou rica! Eu sou ricaaaaaaaaaaaa! Eu-sou-riicaaaaaaaaaaaaaa!!!

Depois veio o sossego. Um profundo e inebriante sossego. Milena podia estar falida, mas tinha alma de gente rica. Jamais comeria risoles: mesmo que fosse preciso morrer de fome, nunca mais iria trocar uma refeição por salgadinhos. Ela estava, sim, de volta ao subúrbio, só que dessa vez com classe. Bateu três carreirinhas de padê e curtiu o entardecer sentada na varanda. “Eu sou rica! Eu sou rica!” gargalhou sozinha, enquanto esfregava o dedo na gengiva.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. junho 17, 2010 12:10 am

    Visceral meu velho. Muito bom. A sequência final fecha a cena em climax total. Abração de arte.

  2. junho 17, 2010 7:21 pm

    Essa Milena é a Carolina Ferraz em “Pecado Capital”? Eu adorava!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: