Skip to content

Wonderson e Jomélia

maio 20, 2011

Wonderson até que era um cara bem paciente. Um ano depois de se casar com Jomélia, ele resolveu reclamar de seus dotes culinários: “Eu não sinto o gosto de amor nesse seu arroz. Nem no feijão, que fede a meia suada. Você nunca conseguiu fazer um jantar saboroso como os que só minha mãe sabe preparar. Desculpe, meu amor, mas eu precisava desabafar! Tava entalado na garganta, junto com as espinhas do peixe de domingo!”

Com lágrimas nos olhos, a esposa pegou Wonderson pelo braço e o levou até a porta. Suas mãos trêmulas destrancaram-na e, balbuciando bem baixinho, Jomélia também desabafou: “Eu não sinto o cheiro de amor em você. Nem na tua virilha, que fede a queijo mofado. Você nunca conseguiu me fazer gozar, como o dono da quitanda. Desculpe, rapaz, mas eu precisava desabafar! Tava entalado na garganta, bem no comecinho, onde teu pau nunca conseguiu alcançar!”

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. maio 20, 2011 2:59 pm

    toma!

  2. Diego permalink
    maio 20, 2011 4:18 pm

    seu blog é viciante, parabéns!

  3. maio 20, 2011 6:58 pm

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, AMEI JOMÉLIA!!!

  4. maio 26, 2011 11:08 pm

    hahahahahahahahahahahaha
    ain jomélia. me abraça!

  5. Luiz Paulo permalink
    agosto 13, 2011 12:26 am

    :O Toma…viciei no blog.
    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: